Por tabata.uchoa

Rio - Estudar para concursos públicos é um projeto a longo prazo. Não basta pegar qualquer livro a qualquer momento e imaginar que vai passar para qualquer concurso. Seria simples demais para um cargo tão almejado. As bancas organizadoras estão cada vez mais seletivas, e há procura maior pelo serviço público, o que torna o processo ainda mais exigente. Logo, sem preparação não há chances. É importante escolher um bom cursinho com professores experientes que orientem bem o candidato. Seguir o cronograma proposto pelo curso também é interessante, pois eles pensam com muito cuidado sobre o que deve ser estudado e em que momento, de modo a facilitar o entendimento de cada conteúdo.

Por Claudia Jones

PERGUNTA E RESPOSTA

“Gostaria de começar um curso preparatório para o INSS e estou com dúvidas com relação à organização dos meus estudos. Eu devo estudar as disciplinas na conformidade em que elas vão sendo apresentadas, seguindo o cronograma do curso, ou devo me antecipar e estudar, também, as disciplinas que ainda não tive?”

Belize, Ilha

Olá, Belize, você escolheu bem! O concurso do INSS terá muitas vagas. E como você optou por fazer um preparatório, pode ficar tranquila e seguir o cronograma do curso. As instituições têm seus coordenadores pedagógicos que preparam aquilo que deve ser absorvido pelo aluno, na medida certa. Mas, além do curso, você deve procurar interagir com a matéria em casa também. Não dependa única e exclusivamente do curso ou do professor. Muitas vezes, em sala de aula, não dá tempo de mastigar a matéria, e as dúvidas podem surgir. Busque alternativas, como livros e apostilas, sites. As questões são muito bem-vindas e eficientes para sanar as dificuldades.

Como o concurso do INSS ainda não saiu, respeite o seu tempo e amadureça as disciplinas. Em alguns casos, uma disciplina depende da outra, então, é melhor seguir o cronograma que o curso preparou. Sei que às vezes dá uma vontade louca de mexer naquilo que ainda está por vir, mas, acredite, você pode acabar atrapalhando.

E não se esqueça do fundamental: mescle os temas teóricos com a resolução de questões sempre. Estudou um tema, resolva todas as questões de provas anteriores até exaurirem suas dúvidas. E então, passe para o tema seguinte. Quando o edital sair e , caso não tenha estudado alguma disciplina e o curso demore a ministrá-la, aí, sim, você deve correr atrás do prejuízo!

Aproveito para convidá-la para o aulão beneficente de Direito Previdenciário dia 16 de maio, das 9h às 12h, com o professor Rodrigo Lelis. Para mais informações, busque atendimento através do e-mail [email protected] ou pelo número 98288-8433.

Cláudia Jones é jornalista do site Questões de Concursos

Você pode gostar