Por bferreira

Rio - Ter uma ampla rede de contatos tornou-se um diferencial no atual mercado de trabalho e praticamente uma necessidade. As empresas dão muito valor para a indicação de um currículo por profissionais renomados e capacitados dentro do ambiente de trabalho. Tanto que mais da metade das pessoas contratadas pelas companhias é recomendada pelos seus melhores colaboradores e não ocasionalmente, pode ser a chance que sua carreira estava precisando.

As vantagens do networking podem ser compreendidas com um raciocínio simples — na hora de selecionar, as empresas sabem que “águias” indicam “águias”, e como uma via de mão dupla, é importante ajudar além de somente receber. Descubra abaixo como construir seu networking.

Por Janaina Ferreira

PERGUNTA E RESPOSTA

“Gostaria de saber se é mesmo importante ter uma rede de relacionamentos profissionais, o famoso networking e como posso desenvolvê-la?”

André, Barra da Tijuca

Olá, André! Um profissional, seja novo ou antigo na sua área de atuação, precisa de um bom networking. A iniciativa é essencial para qualquer pessoa porque ao ser indicada em função de suas competências para um processo seletivo por um funcionário de confiança da empresa contratante, terá mais chances de ser escolhido.

Então, quanto mais ampla for sua rede, melhor. Mas os benefícios do networing só serão colhidos se você mantiver uma postura ativa, pois é a troca de informações que constrói as relações. Não adianta procurar as pessoas só quando precisar de apoio. A rede só funciona se for uma “via de mão dupla”. Se você não ajudar sem interesse, não terá “crédito” e não construirá sua rede.

Recentemente, o termo Netweaving, que me parece mais adequado, também começou a ser usado. Netweaving significa “tecelão”, e é aplicado quando uma pessoa colabora com alguém sem esperar nada em troca, “tecendo” assim sua rede de relacionamentos.

Quando menos se espera, surge uma oportunidade de trabalho e existe hoje uma grande motivação para se ingressar nos cursos de MBA porque, apesar de atualizar conhecimentos, é um ambiente para se conhecer outros profissionais do mercado. Além dos contatos do dia a dia, as redes sociais virtuais ajudam a manter proximidade com as pessoas e são um ótimo espaço para divulgação de competências.

Criar um blog com um tema específico e publicar conteúdos de interesse de sua área também atrai e movimenta sua rede. Pesquisas indicam que mais da metade das pessoas encontraram seu último emprego graças ao networking.

Para isso, vale reforçar algumas atitudes, como ser sincero e prestativo. Os relacionamentos interesseiros e superficiais só resultarão em perda de tempo. Construir relações verdadeiras, além de ser prazeroso, é o que vai te abrir novas perspectivas profissionais.

Janaina Ferreira é professora do Ibmec-RJ. Amanhã, Sucesso nas Finanças

Você pode gostar