Por bferreira

Rio - Reformar seu estabelecimento comercial no momento em que o país se encontra em situação de risco, com a economia instável, não é a melhor opção, mas há exceções.

Esse é o caso de informatizar algumas áreas para facilitar o trabalho e instalar câmeras de segurança. Há ainda estabelecimentos comerciais que precisam manter em dia regras da vigilância sanitária.

De casos como estes não há como escapar, pois deles dependem o bom funcionamento dos negócios. Para que as ações não sejam precipitadas, montar um bom plano de negócios para sua reforma pode ser uma ótima saída. Caso precise de empréstimo, esse mesmo plano será um agente facilitador durante a negociação. Acompanhe abaixo mais detalhes sobre o assunto.

Por Cezar Vasquez

PERGUNTA E RESPOSTA

“Quero reformar minha cafeteria. Comprar ou recuperar alguns móveis e informatizar o caixa. Como devo me planejar para isso ?”

André Lucas, e-mail

Prezado André, antes de tomar qualquer decisão, lembre-se que estamos vivendo um momento de contenção de despesas e que a ordem é economizar. Mas se você já decidiu pela restauração, o melhor a fazer é elaborar um plano de negócios.

Você tem ideia de quanto gastará e de onde virão os recursos necessários para a reforma? Como vai orientar o trabalho para que tudo saia como imaginou? Essas respostas virão naturalmente do plano de negócios, que vai comprovar a viabilidade da reforma, assim será possível identificar e restringir possíveis erros no papel ao invés de cometê-los na prática.

O plano possui finalidades em duas esferas. A primeira está relacionada com aspectos internos do empreendimento e serve para organizar as ideias. É como se fosse o mapa do percurso e servirá como ferramenta de orientação na busca de informações detalhadas sobre a intenção de reformar a cafeteria.

Como está a loja atualmente? A necessidade de mudar o mobiliário é para deixá-la mais moderna e atraente ou os móveis estão danificados? A ideia de informatizar o caixa é para evitar perdas e descontrole ou para facilitar o trabalho no dia a dia? Há necessidade de se fazer essas mudanças de uma vez?

A segunda se refere ao sentido externo do empreendimento. Se você chegar à conclusão de que precisa de investimentos, mas não tem recursos suficientes, o plano de negócios é um pré-requisito para buscar um sócio capitalista e/ou outros investidores. O documento será útil para solicitar empréstimo a um banco, por exemplo. E saiba que quanto mais dinheiro você precisar, mais detalhado deverá ser seu plano de negócios para dar segurança ao investidor.

O Sebrae/RJ oferece consultoria empresarial para a elaboração do plano de negócios. Mais informações com a Central de Relacionamento, no telefone 0800 570 0800 ou procure uma de nossas unidades através do sitewww.sebrae.com.br.

Cezar Vasquez é superintendente do Sebrae-RJ. Amanhã, Sucesso nas Compras

Você pode gostar