Brasileiros voltaram a gastar menos no exterior no mês passado

É o menor desembolso no mês de maio desde 2010. Despesas ficaram em R$ 4,34 bi

Por O Dia

Rio - Os brasileiros voltaram a gastar menos no exterior no mês passado. O desembolso de recursos fora do país em maio deste ano chegou a US$ 1,41 bilhão (R$ 4,34 bilhões). Os dados foram divulgados ontem pelo Banco Central. Segundo a autoridade monetária, é o mais baixo valor registrado nos meses de maio desde 2010, quando os gastos atingiram a casa de US$ 1,15 bilhão (R$ 3,54 bilhões).

O resultado na queda de despesas no exterior ocorreu justamente em um ano em que a cotação do dólar tem registrado alta. Somente no quinto mês do ano, a moeda norte-americana subiu 5,78%, para R$ 3,18. Na parcial entre janeiro e maio de 2015, o dólar teve alta de quase 20%.

Passagens para o exterior subiram de preço e espantaram turistasEBC

Com o dólar mais caro, as viagens para o exterior também pesaram no bolso dos turistas que tiveram que pagar mais pelo preços das passagens e dos hotéis que são cotados em moeda estrangeira. As compras fora do país foi outro item que teve elevação de preços. Isso se reflete na fatura do cartão de crédito e de débito nas movimentações feitas no exterior. As transações têm a incidência do Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF) de 6,38%.

QUEDA DE 20,6% EM 2015

Nos cinco primeiros meses deste ano, ainda segundo as informações da autoridade monetária, as despesas de brasileiros no exterior somaram US$ 8,29 bilhões (R$25,53 bilhões). Com isso, registraram queda de 20,6% frente ao mesmo período do ano passado (US$ 10,44 bilhões ou R$ 32,15 bilhões). De acordo com o Banco Central, os gastos dos brasileiros no exterior são os menores, para o período de janeiro a maio de um ano, desde 2011 — quando somaram a quantia de US$ 5,72 bilhões (R$ 17,61 bilhões).

Em 2014, os gastos de brasileiros fora chegaram a US$ 25,6 bilhões (R$ 78,84 bilhões — resultado recorde para um ano fechado. Em 2013, haviam somado US$24,98 bilhões (R$ 76,93 bilhões), contra US$ 22,2 bilhões (R$ 68,37) em 2012.

Últimas de _legado_Economia