Por karilayn.areias

Rio - A economia retraída fechou postos de trabalho — somente em junho foram menos 111 mil vagas com carteira assinada — e por tabela esvaziou as agências de emprego, que viram a oferta de oportunidades diminuir em até 30%. Sem o interesse das empresas em contratar o serviço de recrutamento, as intermediadoras de mão de obra deixaram de faturar e se viram obrigadas a fazer ajustes para diminuir custos.

Candidatos em uma agência de empregos%3A pouca vaga obriga recrutadoras sofrerem ajustesMaíra Coelho / Agência O Dia

Sócia-diretora da RHF Talentos, Miriam Lima observa que o número de vagas da agência despenca a cada mês. “Estou no setor há oito anos, e nunca vi queda como vejo hoje. A redução este ano já chegou a 30%”, comentou.

A redução é confirmada por Paulo Sardinha, presidente da Associação Brasileira dos Profissionais de Recursos Humanos (ABRH-Rio). “O RH das empresas não tem como falar em contratação nesse momento, apenas em demissão, congelamento das vagas e não planejar a abertura de novas vagas”, aponta.

Com o faturamento prejudicado, as agências de emprego reduzem preço dos serviços cobrados e cortam custos, como uso de internet, telefone e de impressão. “De de uma forma geral a gente tenta atrair mais clientes porque eles não podem gastar”, disse Miriam, que busca captar novas empresas oferecendo serviços diferenciados. “Nós fazemos avaliação de grafologia, que é a análise do traço da personalidade do candidato por meio da escrita”, explica.

Até mesmo as vagas de operador de telemarketing, que já chegaram a somar 400 oportunidades em um único mês nas agências no Rio, estão em baixa. Os salários também diminuíram. O valor oferecido para um cargo em 2014 era de R$800, e hoje, quem aceita a mesma função recebe R$ 780.

“O call-center era o nosso carro-chefe, e hoje as empresa fazem contenção. O resto das vagas é de operacional. São vários setores e mesmo assim não passam de três vagas por empresa”, disse Jaqueline Santanna, diretora da Recrut.

Até pessoas qualificadas estão com dificuldade de voltar ao mercado, como Márcio Ramos, que tem experiência em Administração. “Achei que o desemprego estava atingindo as pessoas com menos qualificação. Me enganei”, lamenta Ramos.

Quem recruta mão de obra também corre risco de amargar o desemprego. Diretor da HC Recrutamento, Edgar Monteiro diz que congelou as vagas na empresa de profissionais de RH. “Aumentou o número de candidatos em 40% e diminuíram as ofertas. Foi-se o tempo em que as agências eram requisitadas”, disse Monteiro.

Bernad Viegas%2C que busca emprego na web%3A 'Toda pessoa deve estar conectada. Há muitas vagas na internet'Maíra Coelho / Agência O Dia

E o que vem pela frente é preocupante. “O desemprego vai aumentar. Não vemos sinais melhorar na economia”, prevê Sardinha.

Portais de emprego se multiplicam

Uma forma de cortar custos usada por empresas de RH é oferecer vagas pela internet. Nos últimos anos, multiplicaram os sites que dão chances de trabalho. Formado em Comunicação, Bernard Viegas agora só procura oportunidades pela grande rede.

'Não vou mais de porta em porta com o currículo debaixo do braço procurar emprego, só quando me chamam. A maior procura hoje é na internet”, ensina Viegas.

Por esse motivo, ele defende que as pessoas precisam ficar mais conectadas se querem entrar no mercado. “Me cadastrei em mais de dez sites e já enviei mais de 150 currículos. Acabei de ser chamado. Vamos ver o que vai acontecer”, disse.

Na RHF Talentos, as ofertas de emprego estão na página oficial da empresa de recrutamento. As pessoas se candidatam e as empresa chamam os selecionados para entrevista.

“A gente conta com nosso site, divulga por ali”, informou Miriam Lemos, diretora da RHF. Ela acredita que dias melhores virão. “Até o fim do ano o mercado melhora”.

Emprego em um clique

CIEE
Para alunos e instituições parceiras:www.ciee.org.br

VAGAS.COM
Convites e contatos de empresas:www.vagas.com.br


ESTAGIÁRIOS
Oferece vagas em 13.876 empresas:www.estagiarios.com

EMPREGOS.COM
São seis mil vagas de empregos. Cadastro de currículos:www.empregos.com.br

EMPREGOS.NET
Insira palavras chaves, defina a área e boa sorte:empregos.net

NUBE
Dicas sobre entrevistas de emprego:www.nube.com.br

GUIA DE EMPREGOS
Muitas informações:www.guiadeempregos.com.br

MANAGER
Oportunidades para a área administrativa. Serviço gratuito por sete dias:www.manager.com.br
.

TRAMPOS
Vagas voltadas para comunicação e TI:trampos.com
.

INFOJOBS
Concorra à vaga e gerencie carreira:www.infojobs.com.br
.

CURRICULUM
Oportunidades por e-mail:www.curriculum.com.br
.

CATHO
O usuário tem a opção de importar dados do Facebook ou do LinkedIn.

Você pode gostar