BB financia imóvel para 2,2 milhões

Recursos são do programa Pró-Cotista. com juros de 9% ao ano e 360 meses para pagar

Por O Dia

Brasília - Dois milhões e duzentos mil clientes do Banco do Brasil (BB) em todo o país têm nova opção de financiamento da casa própria. A instituição financeira lançou e passou a oferecer esta semana a linha de crédito imobiliário Pró-Cotista para compra de imóveis novos ou usados. A modalidade usa os recursos do Programa Especial de Crédito Habitacional do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O banco estima destinar cerca de R$ 1 bilhão para as novas operações de financiamentos.

Segundo o BB, a linha de crédito financia até 90% do valor dos imóveis avaliados em até R$ 400 mil. O prazo máximo de pagamento previsto é de 360 meses, ou seja, 30 anos para quitar. A taxa de juros é 9% ao ano.

De acordo com a instituição financeira, para os clientes do banco poderem usar a linha de crédito é preciso que eles tenham conta ativa do FGTS e um mínimo de 36 contribuições, consecutivas ou não para o fundo.

CONDIÇÕES

Pelas regras do programa Pró-Cotista, no caso em que os clientes do Banco do Brasil não possua uma conta ativa do FGTS, é necessário que o seu saldo total no fundo seja igual ou superior a 10% do valor do imóvel que será financiado ou de compra e venda, o que for maior.

A linha de financiamento imobiliário teve as novas condições definidas em maio deste ano pelo Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), órgão que gerencia os recursos do fundo.

A carteira de crédito imobiliário do Banco do Brasil atingiu, em abril, R$42,06 bilhões, registrando um crescimento de 45,9% em apenas 12 meses.

Últimas de _legado_Economia