Dólar tem maior queda em um mês e fecha abaixo de R$ 3,45

Após maior atuação do Banco Central no mercado de câmbios, a moeda comercial caiu 1,86% nesta segunda-feira

Por O Dia

Brasília - Depois de atingir os maiores valores em 12 anos na última semana, a moeda norte-americana iniciou a semana em baixa. O dólar comercial caiu R$ 0,065 (1,86%) e fechou esta segunda-feira vendido a R$ 3,443. Foi a maior queda diária desde 8 de julho, quando a cotação diminuiu R$ 0,072.

Essa foi a segunda sessão seguida de queda. Na última sexta-feira, o dólar sofreu redução de 0,83%. A moeda norte-americana acumula alta de 0,53% em agosto e de 29,49% em 2015.

A cotação passou a cair depois que o Banco Central (BC) aumentou a atuação no mercado cambial. A autoridade monetária passou a leiloar diariamente 11 mil contratos de swap cambial, quase o dobro dos 6 mil contratos leiloados até o início do mês. O swap cambial funciona como uma venda de dólares no mercado futuro e ajuda a segurar a cotação do dólar porque transfere a procura pela moeda norte-americana do presente para o futuro.

Nas últimas semanas, o dólar tinha subido depois que a equipe econômica anunciou a redução para 0,15% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país) da meta de superávit primário (economia para pagar os juros da dívida pública). Segundo economistas ouvidos pela Agência Brasil, a possibilidade de o país perder o grau de investimento das agências de classificação de risco tem pressionado o câmbio.

Últimas de _legado_Economia