Sucesso nos Concursos: Terceira idade em busca de empregos públicos

Candidatos mais idosos têm as mesmas chances de conquistar a tão sonhada vaga

Por O Dia

Rio - O concurso público é a forma mais democrática de se conseguir um emprego. Mesmo para os candidatos mais idosos, as chances são iguais. O requisito da oportunidade pública é estudar. Inclusive, pessoas mais velhas têm prioridade. Então não há discriminação como no mercado privado.

A dica é estudar com afinco e buscar a vaga com objetivo. Fazendo isso e estando dentro dos requisitos do edital, não há impedimento para candidatos acima dos 60 anos de idade concorrerem.

As regras são as mesmas. Buscar uma boa apostila de autores renomados, se organizar para criar uma rotina de estudo, e seguir até conseguir a vaga esperada.Para mais informações sobre como passar em provas, mesmo após estar muito tempo fora da escola, leia abaixo.

PERGUNTA E RESPOSTA

Por Cláudia Jones

“Gostaria muito de retomar os estudos, mas aos 57 anos pode ser mais complicado. Mesmo assim, pensei em encarar um concurso público. Nessa idade poderia participar? E mais, vou sofrer discriminação igual a que sofro no mercado de trabalho privado?”, Fernanda Cruz, Irajá.

Cláudia Jones: Angela, fique tranquila. Os concursos públicos são a forma mais democrática de obter um emprego. Assim, a discriminação que você pode enfrentar, por causa da idade, na iniciativa privada, não se repetiria no serviço público.

Inclusive, na maioria das seleções, um dos critérios de desempate é justamente a idade do candidato. Pessoas mais velhas têm a preferência sobre as mais novas nessa hora.

Tecnicamente você só não tomará posse se já tiver atingido os 70 anos, pois, com essa idade, a aposentadoria é compulsória. Até esse limite oficial você pode assumir o cargo sem problemas.

Em alguns concursos é possível que haja restrições quanto à idade, por conta das atividades exigidas no cargo, sendo fundamental acompanhar os editais para escolher aqueles sem essas restrições. Concurso público demanda investimento em tempo de estudo e muita dedicação.

Conheço muitas pessoas, na sua faixa etária, que estão a pleno vapor, frequentando aulas, turmas de teoria, de exercícios e simulados. Ou seja, entrando na briga para ganhar uma vaga. E é lindo quando chego às salas de estudos do curso e presencio pessoas mais idosas estudando com afinco, tirando dúvidas com os professores e trocando conhecimento com os colegas, sejam da mesma idade, sejam mais novos. Enfim, determinadas a vencer.

Mas sabe o que é mais gratificante? Quando essas pessoas chegam até mim e dizem: “Fui classificada em um concurso”. E isso, Angela, pode acontecer com você também, só depende da sua determinação e organização nos estudos.

O quanto é importante para você ter um bom salário e estabilidade, mesmo que por tempo restrito? Depois disso tudo, se for relevante, é hora de arregaçar as mangas e cair nos estudos.

Cláudia Jones é jornalista do site Questões de Concursos

Últimas de _legado_Economia