Lucro líquido do BNDES registra queda de 35,8% no primeiro semestre

Banco associou o lucro obtido ao índice de inadimplência, considerando o mais baixo do Sistema Financeiro Nacional

Por gabriela.mattos

Brasília - O lucro líquido do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no primeiro semestre deste ano atingiu R$ 3,515 bilhões. Na comparação com o lucro de R$ 5,471 bilhões apurado no acumulado janeiro/junho de 2014, houve queda de 35,8%.

O anúncio foi feito nesta sexta-feira pela direção da instituição. De acordo com os dados, as operações de crédito, que somaram R$ 9,290 bilhões, com expansão de 54,9% em relação a igual período do ano passado, contribuíram para o resultado registrado este ano. O BNDES também associou o lucro obtido ao índice de inadimplência (0,05%), considerado o mais baixo do Sistema Financeiro Nacional.

A redução do lucro líquido no semestre foi atribuída à redução de R$ 3,598 bilhões no resultado com participações societárias, devido, principalmente, à falta de distribuição de dividendos pela Petrobras, que em igual período do ano passado, gerou receita para o BNDES de R$ 1,842 bilhão.

Por meio da assessoria de imprensa, o banco informou que “a queda foi motivada por fatores alheios à gestão do BNDES”. Os ativos totais do Sistema BNDES somaram R$ 911,4 bilhões em 30 de junho deste ano, revelando expansão de 3,9% em relação a 31 de dezembro de 2014.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia