Por fernanda.macedo

Brasília - O dólar opera em alta nesta segunda-feira ao alcançar o valor de R$ 3,99. A pressão sobre a moeda norte-americana vem mesmo após o Banco Central anunciar nova intervenção no mercado de câmbio, com leilão de linha, depois do dólar fechar no segundo nível mais alto na história em relação ao real na sessão passada.

Dólar opera em alta e alcança R$ 3,99Reprodução Internet

Por volta das 10h19, a moeda norte-americana avançava 0,48%, a R$ 3,9773 na venda, tendo chegado a R$ 3,999 na máxima do dia. Na última sexta-feira, subiu 2%, a R$ 3,961, influenciada por rumores sobre o possível rebaixamento do Brasil no fim de semana pela agência de classificação de risco Moody's.

"A intervenção do BC ajuda, mas não faz milagre", disse o superintendente de câmbio da corretora TOV, Reginaldo Siaca, que acredita que a moeda norte-americana deve atingir o recorde de R$ 4 em um curtíssimo prazo.

Investidores adotam posturas mais defensivas no início de uma semana que reserva votações no Congresso de medidas importantes para o ajuste fiscal. A perspectiva de possível perda do grau de investimento do Brasil por outras agências além da Standard & Poor's também dá força à apreensão.

"Não esperamos qualquer choque positivo à confiança ou reversão da situação de baixo crescimento e baixa confiança dos investidores", escreveu a estrategista para a América Latina do banco Jefferies, Siobhan Morden, em nota a clientes.


Você pode gostar