Por felipe.martins

Rio - O controle das despesas e receitas é extremamente importante para uma empresa, pois é assim que se pode controlar entradas e saídas. O livro caixa é um mecanismo bem simples que pode auxiliar muito.

Melhor que livro caixa será ter um controle detalhado com um levantamento prévio de tudo o que é gasto na empresa; sejam custos envolvidos com os produtos ou as despesas para manter a empresa funcionando.

Além de saber o se que gasta, é necessário saber exatamente no que se gasta, e isso não seria mostrado com clareza pelo livro caixa. O levantamento e separação destes dados devem de fato ser feitos por quem conhece as rotinas da empresa ou da loja para então separar cada coisa no seu lugar. Confira abaixo as orientações.

PERGUNTA E RESPOSTA

Preciso fazer um controle de caixa urgente. Não sei onde estou tendo as maiores despesas na minha loja. Um livro caixa resolve ou existe algo mais atual para controlar isso? Alex Demétrio, Lins

Alex, bem mais que um controle de caixa, o que você realmente precisa fazer neste momento é um levantamento detalhado de tudo que sua loja gasta e recebe. Tudo mesmo. Não deixe nem a coisa mais insignificante de fora, pois disto vai depender o crescimento da sua empresa. Busque detalhar e separar todos os gastos e receitas. Quando você conseguir fazer isto, estará no início do seu trabalho.Após este levantamento, começamos a verificar o que pode ser mudado. Isto é, onde podemos economizar ou o que devemos melhorar, seja na conta de luz, telefone ou a compra em outros fornecedores. Para assim então, no dia a dia, verificar o que pode ser mudado para beneficiar as contas da loja.

Claro que não é um trabalho fácil, vai exigir bastante esforço, principalmente para quem nunca fez. Os custos de uma empresa são extremamente importantes de se conhecer. Só assim, após este primeiro momento de organização, digamos que “de faxina”, poderemos conseguir tomar as rédeas para uma decisão segura e eficaz no, que possa tornar o negócio mais rentável.

Gerenciar estas informações é até mais importantes do que o próprio levantamento. A perda de tempo neste momento pode significar no futuro uma economia considerável.Comece separando tudo no primeiro mês e vá organizando de maneira gradativa, com bastante cautela. Não deixe nada para trás, quanto mais atenção aos detalhes, melhor.

Lembre-se: esse planejamento também pode ser feito antecipadamente, ou seja, antes de ocorrerem as despesas e receitas. Acompanhe o planejamento mês a mês, criando até mesmo no programa Excel uma planilha simples para esse controle. Envolver as pessoas que trabalham para você, para um planejamento adequado, também pode ajudar e muito. Agora vamos lá.

Roberto Dias do Amaral é coordenador em Ciências Contábeis da Estácio de Sá.

Você pode gostar