Bancários do Rio de Janeiro aprovam greve a partir do dia 6

Sindicato rejeita a proposta da Fenaban, de 5,5% de reajuste para salários e benefícios, e pedem 16%

Por O Dia

Rio - Bancários do Rio de Janeiro decidiram nesta quinta-feira em assembleia greve por tempo indeterminado a partir da próxima terça-feira. O sindicato rejeitou a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), de 5,5% de reajuste para salários e benefícios e pedem 16%, com piso de R$ 3.299,66. Os sindicalistas alegam que o índice está muito abaixo da inflação, que ficou em 9,88%.

Segundo a presidenta do sindicato, Adriana Da Silva Nalesso, a paralisação vai durar até que a reivindicação da categoria seja aceita. “A proposta chega a ser desrespeitosa. Eles lucraram mais de R$ 37 bilhões no primeiro semestre”. Vários estados também aderiram ao movimento.

Últimas de _legado_Economia