Por thiago.antunes

Rio - Manter o foco e o ritmo de estudos na virada do ano é mais um desafio que coloca os concurseiros à prova. Se não traçarem metas, os candidatos podem acabar caindo em ‘armadilhas’ do período de festas de Natal e Réveillon e perdendo o fôlego para conquistar a tão sonhada vaga. Segundo especialistas, fazer um planejamento com grade horária, evitar comidas pesadas e encarar dezembro como qualquer outro mês são a chave para o sucesso no concurso.

Já no início de 2016, dois disputados concursos ‘mostram’ que não há tempo para o concurseiro perder. A prova para a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), com 34 vagas, está programada para 31 de janeiro, e a da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), com 102 vagas, para 21 de fevereiro. Os salários chegam a R$ 5.957, 52.

Além de destacar que a prova deve ser a prioridade do candidato, o diretor do site Concurso Virtual, Rodrigo Menezes orienta os concurseiros a planejar seus horários e reservar um tempo para o lazer no Natal. “Tem que colocar o concurso em primeiro lugar e abrir mão de algumas coisas. Quem gosta de viajar em janeiro tem que adiar”, afirma.

Fernanda Sant'anna não vai deixar os estudos para a ANP de lado%3A pausa só para a ceia de NatalDivulgação

Segundo Menezes, o planejamento é o grande aliado do concurseiro. “O mais importante é o planejamento, montando grade de horário. No dia 24, por exemplo, pode estudar de 8h às 18h. Depois disso, estará livre para aproveitar o Natal. É importante que ele usufrua do momento de lazer sem culpa, para ter tranquilidade e evitar ansiedade. No dia 25, pode retomar os estudos de 13h às 20h”, completa.

Outra recomendação de Menezes é evitar mais tarefas. “Se a pessoa gosta de organizar o Natal em sua casa, no ano do concurso, deve delegar essa tarefa para outro. O ideal é passar o Natal na casa de familiares para não perder tempo de estudos”, orienta.

De olho no concurso da ANS, a servidora Fernanda Sant'anna, 36 anos, garante que não perderá o foco este mês. “Estou me preparando para esse concurso há 6 meses e não tenho como parar. Vou dar uma pausa apenas para a ceia natalina e logo vou voltar para casa e retomar o estudo. Tem que ter disciplina. Me sacrifico hoje para ter a recompensa amanhã”, conta.

Mas os concurseiros devem estar atentos também à alimentação. Com as festas de fim de ano, o risco de consumir bebida alcoólica e comidas pesadas é maior. É o que ensina o professor do Universo do Concurso Público, Rodrigo Lelis.

“O rendimento cai quando se bebe demais, porque a pessoa perde o dia em que bebeu. E perde também o dia seguinte, quando o corpo naturalmente fica cansado e sem capacidade de concentração. O ideal é beber com moderação”, diz.

Ele recomenda ainda fugir das comidas pesadas da ceia natalina. “Sabemos que é difícil resistir às tentações de fim de ano. A pessoa deve aproveitar o momento para desestressar, mas tem que manter a dedicação e não extrapolar”, opina. Quem quiser afiar os estudos em informática antes das festas, pode participar do Aulão Beneficente que o professor Jorge Alonso faz hoje, às 18h, na Rua Araújo Porto Alegre, 71, 2º andar, Centro do Rio. A entrada é um brinquedo novo.

“Este mês, aconselho a não perderem o foco e o objetivo” - Claudia Jones, jornalista do site qconcursos.com

Até que enfim chegou dezembro. E isso nos remete a férias, descanso e viagens. Nesse período é comum nos envolvermos com o planejamento do merecido descanso após um ano de trabalho intenso. No entanto, relaxar com os estudos pode significar por a perder todo o empenho desenvolvido ao longo do ano que chega ao fim.

Um planejamento cuidadoso prevê momentos de lazer, de descanso, e férias, sem dúvida. É importante parar em alguns momentos para conseguirmos o combustível necessário para dar continuidade a nossos objetivos. Mas essa folga não deve prejudicar tudo o que planejamos para sermos bem- sucedidos na prova.

É necessário estabelecer prioridades e passar em concurso público deve ser a sua meta número 1. Neste mês, aconselho a não perderem o foco. Ter um tempo a mais para se preparar adequadamente, seja nas férias ou festas de fim de ano, pode fazer a diferença entre você e seus adversários de prova. Respire fundo e vá em frente. Depois não faltará dinheiro no bolso para você aproveitar as merecidas férias.

Você pode gostar