Consumidor corre atrás das ofertas de cerveja para a folia

Supermercados dão descontos de até 40% e latinha da bebida sai por R$ 1,47

Por O Dia

Rio - Os supermercados do Rio apostam nas promoções de cerveja para o Carnaval. As grandes redes têm descontos de até 40% nos preços, além de oferecerem abatimentos progressivos nas compras de bebida em grandes quantidades. Segundo especialistas, agora é o momento de se preparar para os dias de folia sem estourar o orçamento.

Por exemplo, comprar o segundo pacote de 12 latas (350 ml) da Antártica fica 40% mais em conta no Extra, Assaí, Guanabara e Prezunic até domingo. No Superprix, 12 latas da marca Bohemia saem pelo preço de 10 e o valor da unidade cai de R$2,99 para R$ 2,49 (-16,7%).

Para Gilberto Braga, professor de Finanças do Ibmec, é importante aproveitar as promoções agora, já que ele prevê alta dos preços nos próximos dois meses. “O dólar deve subir, logo, a bebida acompanha. Por isso, recomendo que as pessoas aproveitem os preços do Carnaval e estoquem”, aconselhou.

É isso que a auxiliar de serviços gerais Suzana Ferreira pretende fazer. Além de comprar para os dias de folia, a moradora do Catumbi já reservou espaço no armário da cozinha para guardar a bebida, pelo menos enquanto sobrar.

“Tudo aumentou e a cerveja está mais cara também, por isso, vou aproveitar as promoções”, afirmou. Ela diz, ainda, que prefere consumir a bebida em casa. “Bebo com frequência, mas estou reduzindo as saídas porque vejo a cerveja mais cara na rua”.

A dona de casa Helena Silva comprou grande quantidade para o Carnaval, mas conta que bateu muita perna para a achar a melhor promoção. “Sempre pesquiso muito antes de comprar, e achei algumas diferenças boas nas comparações”, disse.

Beber em bares pesa no orçamento

Quem aproveitou as promoções de cerveja nos supermercados para beber em casa em vez de consumir a bebida em bares e restaurantes economizou no bolso no ano passado. Segundo a Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil), com bases nos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a inflação da cerveja em domicílio foi de 9,8% e fora de casa 11,6%, considerando um IPCA do ano de 10,7%.

Além disso, a carga tributária da cerveja pode encarecer o produto em até 55,60%, diz o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT). João Eloi Olenike, diretor da associação, explicou que o alto índice de tributos é porque a bebida alcoólica é considerada um produto supérfluo e que faz mal à saúde. “Existe um princípio dentro da questão tributária que manda que se tribute menos os produtos mais necessários à população e se tribute mais os desnecessários”, explicou.

Já para 2016, a expectativa é de alta, com a valorização do dólar em relação ao real. A moeda, que fechou 2015 com aumento de 48,9%, influencia no preço dos insumos importados, como malte e trigo.

O diretor Comercial da Rede de Supermercados Prezunic, Alex Ribeiro, diz que agora é momento de apostar nas cervejas nacionais, já que as importadas estão chegando no país com o dólar atualizado, valendo em torno de R$ 4.

“A população vai sentir aumento maior para estes produtos. As importações acontecem duas a três vezes por ano, e o produto que está chegando agora já está chegando atualizado”, disse Ribeiro.

Treinamento no Barça

O refrigerante Big Cola, produzido no Brasil pela espanhola Ajegroup, lançou uma promoção em parceria com o supermercado Extra, que vai levar dois meninos para treinar na Escola de Base do Barcelona, na Espanha. Quem comprar a bebida até 5 de fevereiro pode disputar o concurso, que selecionará 252 meninos de 13 a 17 anos. As regras estão no site (https://www.bigfootballtalent.com.br/home/#participar).

Últimas de _legado_Economia