Empresas oferecem mais de 27 mil vagas no estado

Há oportunidades com contratação imediata. SindRio prevê mais ofertas para as Olimpíadas

Por O Dia

Rio - Quem disse que o ano só começa depois do Carnaval? E quem está em busca de emprego não tem tempo a perder. Já são 665 mil desempregados no Estado do Rio e 162 mil na capital, segundo o IBGE, e a procura por trabalho só aumenta. Mas apesar da concorrência, há chances de conseguir um trabalho até mesmo antes da folia. Empresas oferecem mais de 27 mil oportunidades em todo o estado, sendo a maioria no Município do Rio. 

A maior parte das ofertas está em sites que cadastram candidatos e divulgam vagas. Lá, há oportunidades para diversas funções, como cozinheiro, auxiliar de serviços gerais, recepcionista, vendedor, mestre de obras, gerente de vendas, entre outros.

No Infojobs, por exemplo, são 27.770 vagas de emprego no estado, sendo 23.071 no município do Rio. Já o Indeed com 26.675 e o Vagas com 1.513 oportunidades no estado. Muitas vagas são repetidas em sites diferentes, por isso o número total não pode ser somado. Alguns sites cobram pelo serviço de encaminhamento do currículo.

Josana Fernandes encarou a fila quilométrica formada ontem por trabalhadores em busca de emprego na empresa Proseg%2C em QuintinoSeverino Silva / Agência O Dia

Nos postos da Secretaria Estadual de Trabalho e Renda é possível conferir 1.694 vagas para diversos cargos. As inscrições são feitas em 16 unidades do Sine na capital (como Acari, Castelo, Tijuca, Copacabana e Bangu) e em São Gonçalo, Queimados, Nova Friburgo e Valença. Entre as ofertas, há 75 oportunidades para atendente de lanchonete e 110 para atendente de lojas e mercados no Sine do Centro (Coderte). Os candidatos devem se inscrever no local. Os endereços dos postos estão disponíveis na página www.rj.gov.br/web/setrab.

HOTÉIS E BARES

O Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes do Rio (SindRio) incrementa a lista de oportunidades. Quem tem entre 18 e 50 anos de idade pode concorrer a uma das 97 vagas na capital. Vice-presidente de Meios de Hospedagem do SindRio, Fernando Blower ressalta que, com as Olimpíadas, a demanda aumentará 20%. “Serão lançados novos empreendimentos e outros ampliarão equipe para atender ao evento esportivo”, diz.
Há 21 vagas para cozinheiro, 17 de ajudante de cozinha, 25 de atendente, 14 de balconista, 9 para caixa de restaurante e 11 de garçom. O SindRio fica na Praça Olavo Bilac 28/17º andar, Centro.


Fila por vaga em Quintino

A fila quilométrica que tomou a Rua Teixeira Duarte, e seu entorno, em Quintino, na madrugada e manhã de ontem, mostrava o desespero de trabalhadores à procura de emprego. Pelo menos 1.200 desempregados engrossaram a fila para inscrição em uma das 30 vagas divulgadas pela empresa Proseg, especializada em segurança, serviços e tecnologia. Os anúncios foram feitos pela internet por sites de emprego para cargos de garçons, mensageiro, recepcionista, vigia, porteiro e serviço gerais.

Desempregada desde agosto de 2015, Josana Fernandes, 21 anos, ‘madrugou’ para tentar a vaga de recepcionista. “Sei que a concorrência é grande e esse ano está maior. Mas tenho experiência na área”.
“Sabíamos que a fila seria enorme pelo momento do país”, disse a psicóloga da Proseg, Denise Lopes.


Agenda para quem acorda bem cedo

No primeiro dia de funcionamento da agenda pela internet para pedir seguro-desemprego e carteira de trabalho, muitos trabalhadores tiveram que acordar cedo para acessar o https://saa.mte.gov.br e conseguir uma vaga em um dos 13 postos do Sine no Rio.

À tarde O DIA testou o sistema e verificou que novas vagas só seriam abertas a partir do dia 16 deste mês. A Superintendência do Ministério do Trabalho no Rio alegou que as vagas são liberadas a partir das 6h no sistema.


Últimas de _legado_Economia