Candidatos postam fotos dos cartões e da prova do Enem na Internet

MEC monitora as redes sociais para identificar as pessoas que divulgarem fotos de dentro das salas de prova

Por O Dia

Rio - Portões fechados, começa a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Nas redes sociais, já começam a aparecer fotos de supostos cartões de resposta da prova deste ano, apesar de ser proibido. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) monitora as redes sociais e esses participantes poderão sem excluídos do exame.

LEIA MAIS: Portões do Enem são fechados e candidatos atrasados ficam de fora

Vídeo de suposta prova do Enem se propaga na Internet

Candidatos divulgam fotos do Enem nas redes sociaisReprodução Instragram

No Instagram, um usuário postou uma foto do cartão com uma caneta e a legenda: "Será que dá cão se tirar foto?". Outros postam a imagem e ainda desejam boa prova. As respostas de outros usuários são imediatas: "Foi eliminado já!", "deleta!".

O ministro da Educação, Henrique Paim, havia informado nesta sexta-feira que qualquer candidato que for pego divulgando fotos dentro das salas de prova será eliminado. A regra com relação a smartphones e celulares está no edital: não é permitido portar máquinas calculadoras, agendas eletrônicas ou similares, telefones celulares, smartphones, tablets, ipods, pen drives, mp3 ou similar, gravadores, relógios, alarmes de qualquer espécie ou qualquer transmissor, gravador ou receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens.

A recomendação é que os candidatos não levem esses objetos, mas, caso estejam com eles, guardem em porta-objetos fornecidos pela empresa responsável pela aplicação da prova. Os equipamentos e o celular deverão estar desligados. A embalagem deverá ser lacrada e identificada com o nome do participante. O porta-objetos deverá ser colocado embaixo da carteira e retirado apenas no fim da prova.

Os candidatos que portarem qualquer um desses objetos durante a prova, que fizerem postagens de texto nas redes sociais ou trocarem mensagens eletrônicas ou e-mails também podem ser eliminados.

Neste sábado, os participantes farão as provas de ciências humanas e ciências da natureza. Mais de 8,7 milhões de inscritos farão a prova em mais de 1,7 mil cidades.

Candidata tem AVC e morre em local de prova

Uma mulher identificada como Edvania Florindo de Assis, de 32 anos, teve um AVC e faleceu no Colégio Santa Emília, um local de aplicação da prova no bairro do Jardim Atlântico, no Recife. A candidata chegou a ser atendida pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Emergência (Samu), porém não resistiu e faleceu.

De acordo com testemunhas, Edvania errou o local de prova seguindo para outra unidade do Colégio Santa Emília, a cerca de 1km de distância. Ao perceber o equívoco, a comerciante correu para o endereço certo. Ela atravessou os portões de entrada quatro minutos antes do seu fechamento, mas desmaiou em seguida.

A mulher estava acompanhada do sobrinho e do marido, Ginaldo Antonio de Araújo, com quem estava casada há seis anos e tinha uma filha de 4 anos.


Últimas de _legado_Educação