Mostra em São Paulo facilita compra de imóveis em Portugal

Investimentos acima de 500 mil euros darão direito a autorização de residência temporária e livre circulação no espaço europeu

Por O Dia

São Paulo - O sonho de ter uma casa na Europa, mais especificamente em Portugal não só está mais próximo como pode vir com uma vantagem sem precedentes, a possibilidade de receber um visto de cinco anos para transitar e residir livremente pelo espaço europeu. O mimo estará disponível apenas para quem investir a partir de 500 mil euros (R$ 1,4 milhão), mas o preço das propriedades ofertadas na Mostra Imobiliária de Portugal, a ser realizada entre os dias 20 e 23 de junho, no consulado de Portugal em São Paulo, começa bem antes desse teto.

Casa na praia Magoito com vista panorâmica para o mar e montanha%2C em Sintra%2C é uma das ofertas da mostraDivulgação

De acordo com Flávio Prando, da Century 21 Novacity, representante brasileira do evento, estarão disponíveis mais de mil imóveis – entre casas, apartamentos e até mesmo castelos – em diferentes cidades portuguesas, a partir de 150 mil euros (R$ 424 mil).

Com 750m² de área construída%2C a casa ainda tem área livre de 850m²Divulgação

“Portugal é a bola da vez, assim como foi Miami há dois anos. Com o preço dos imóveis congelados desde 2006, o valor do metro quadrado ficou muito abaixo do encontrado em imóveis do mesmo tipo no Brasil”, afirma. “Trata-se de uma importante e inovadora iniciativa que certamente contribuirá para o reforço das relações econômicas entre os dois países num dos setores em que a oferta portuguesa se torna mais interessante e competitiva em termos comparativos”, reforça Miguel Horta e Costa, comissário-geral de Portugal para o Ano de Portugal no Brasil.

Situada na fronteira entre a Serra de Sintra e o seu centro histórico%2C a Quinta de Mont Fleuri é outra oferta da mostraDivulgação

Entre as regiões que figurarão no portfolio de ofertas estão Lisboa, Minho, Porto, Aveiro, Óbidos, Torres Vedras, Sintra, Estoril, Tróia, Alqueva, Alentejo, Algarve e Cascais. Sendo as duas últimas as grandes apostas de Prando. “Cascais é uma cidade litorânea ótima, a vinte minutos dos restaurantes, cinema e lojas de Lisboa. É como se você morasse no Morumbi”, diz. “E o Algarve, bem ao Sul de Portugal, tem condomínios ótimos, com campo de golfe e estrutura para esportes aquáticos, além de um aeroporto internacional muito próximo”, completa. É na região que se localiza o condomínio Quinta do Lago, um dos mais sofisticados do País, onde o piloto Ayrton Senna tinha residência.

Datada do fim do século 19%2C a casa principal da propriedade foi completamente restauradaDivulgação

Porta de entrada da Europa para grande parte dos voos que chegam do Brasil, Portugal tem posição geográfica vantajosa para quem quer ter um porto seguro para circular pelo continente. “Em pouco mais de duas horas você está em qualquer grande capital, como Paris, Roma, Londres, e a preços muito reduzidos”, lembra o executivo. Mas mesmo quem não pretende passar longas temporadas por lá, a oportunidade de investimento pode ser interessante para aproveitar o bom momento do país como destino turístico. Em recente votação promovida na internet pela European Consumers Choice (ECC), Lisboa ficou em segundo lugar entre os Melhores Destinos Europeus 2013, a frente de Viena, Barcelona, Amsterdam, Madrid, Nice e Milão. “Teremos todo o aparato para ajudar os compradores interessados a locar os imóveis recém-adquiridos por períodos determinados”, diz Prando.

Para quem ficou interessado no visto temporário (de cinco anos) vinculado a investimentos a partir de 500 mil euros, uma notícia ainda melhor. “O visto vale para o comprador, o cônjuge e os filhos e, depois de cinco anos, é possível obter o visto permanente de cidadão europeu”, explica o representante da mostra. O novo regime de autorização de residência temporária faz parte de um conjunto de mais-valias para atrair investidores ao país publicado no fim de 2012.

As informações são de Juliana Bianchi

Últimas de _legado_Imóveis