Gays buscam orientação e bom gosto na hora de decorar a casa

A preferência é por itens exclusivos que retratem a personalidade dos moradores

Por O Dia

Rio - Tidos como um dos públicos consumidores mais exigentes do mercado, homossexuais — homens e mulheres — querem sofisticação no lar. A palavra-chave aqui é exclusividade.

“Esse perfil não quer uma almofada pronta, comprada em loja. Eles e elas querem um tecido diferenciado para encapar e fazer a almofada”, comenta o arquiteto José Aman, que decorou todo o seu apartamento com objetos que são a sua cara.

Sofá customizado de dois lugares da Lá Na Ladeira está a R%24 2.300Divulgação

“O público gay, por ser normalmente muito atento a detalhes e à estética, quer se ver na decoração da sua casa. E ele vai se retratar nas pequenas coisas”, afirma.

Um sofá para eles e elas, dificilmente é só um sofá. Tem uma manta jogada por cima, capas com estampas interessantes que podem ser trocadas, e outras artemanhas que podem atrair, não só o público gay, mas a todos os aficcionados por decoração.

Outro diferencial dos ambientes que pegam carona nesses conceitos é a incrível explosão de cores e de referências culturais. Um exemplo rico de como essa mistura pode ser bem sucedida são os móveis estofados da loja Lá Na Ladeira, das irmãs Joana e Júlia, com tecidos desenvolvidos pela artista Bebel Franco. A poltrona de dois lugares com pés palito (em destaque) custa R$ 2.300, e pode ser reproduzida na combinação que o cliente quiser.

O arquiteto Aman, no entanto, recomenda ter atenção com possíveis excessos para, nas suas palavras, não transformar a sua sala de estar em uma “locação de filme do Almodóvar”! O risco é sobrepor muitas palhetas de cores e acabar criando um espaço exagerado e confuso.

Como ressaltou o criativo Aman, são as miudezas que vão fazer o ambiente. O Studio Grabowski tem uma série de peças curiosas e requintadas para esta finalidade. A escultura em resina assinada pelo gravurista BernardoKrasniasnky (2) custa R$ 480. Se os produtos despertaram a curiosidade, dê um pulinho no Leblon, na Avenida Ataulfo de Paiva, nº 135, loja 218. A Lá na Ladeira fica no Humaitá, na Rua Maria Eugênia, nº 123, casa.

Últimas de _legado_Imóveis