Jardim e projeto paisagístico ganham espaço em área comum nos imóveis

Conceito permite criar apartamento com lazer exclusivo no térreo

Por O Dia

Rio - A existência de área verde no interior do imóvel ou no entorno ajuda a valorizar o bem, tornando-o mais atrativo na hora de compra e venda. E não é difícil entender o motivo da preferência: a área verde confere estilo ao projeto arquitetônico, oferecendo ao morador clima mais ameno, conforto visual e tranquilidade para o corpo e mente.

Construtoras investem em projetos imobiliários do tipo GardenDivulgação

Por este motivo, construtoras têm apostado em empreendimentos com apartamentos garden, com áreas externas com jardim, que lembram a comodidade de uma casa e onde é possível usufruir os benefícios que um espaço natural pode proporcionar. O conceito pode ser visto, por exemplo, no Composè Residence Club, da construtora Fernandes Araujo, no Recreio.

O residencial terá dois prédios de três andares, somando apenas 40 unidades. E um dos diferenciais são justamente os apartamentos Mon Jardin, localizados no térreo. Além da área verde, as unidades contam com piscina e ponto para churrasqueira ou grill elétrico.

“Além de bela paisagem, o morador ganha com a valorização do imóvel e mais qualidade de vida”, explica Alessandra Araujo, diretora da construtora, que ressalta que o residencial terá apartamentos tipo Style, com varanda gourmet, e Terrasse, coberturas com terraço.

Morador valoriza o imóvel e ainda ganha mais qualidade de vidaDivulgação

Modelo chega a Vila Isabel

A Sá Cavalcante é outra construtora que aposta no conceito apartamento garden. O gerente comercial José Guilherme Vasconcelos, lembra que a empresa fez estudo de mercado em Vila Isabel, bairro onde fica o residencial. Após constatar o interesse por esse tipo de imóvel, lançou o Jardins da Vila. A receptividade foi tão boa que, em apenas quatro dias, 16 dos 17 apartamentos foram vendidos.

“Vila Isabel é um bairro arborizado. Por isso, a demanda tão grande por apartamentos com o conceito garden, em que o morador tem o conforto de uma casa, e usufrui dos benefícios de viver num condomínio”, comenta.

O Jardins da Vila contará com três blocos e 94 unidades, com dois e três quartos com suíte, incluindo os apartamentos garden. As unidades custam a partir de R$ 405 mil.

Últimas de _legado_Imóveis