Por paulo.gomes
Condomínio que está sendo construído pela Calçada e Montserrat na Tijuca%2C onde era o convento Bom PastorDivulgação

Rio - Bairros tradicionais como Tijuca e Botafogo ganham força com o lançamento de residenciais focados em um público formado por pessoas que já moram na região e não querem sair de lá. A Calçada, por exemplo, em parceria com a Montserrat entrega, em abril do ano que vem, o Atrium Residences & Loft, na Tijuca. O projeto prevê a restauração do convento Bom Pastor, prédio histórico que estava abandonado.

“A Tijuca ficou durante muitos anos sem novos empreendimentos, mas, a partir do investimento em segurança pública, nós acreditamos e tivemos muito sucesso”, comenta Manuel Rebelo, diretor-presidente da Montserrat. Segundo ele, na época do lançamento, o metro quadrado do Atrium custava cerca de R$ 7 mil. Hoje, está estimado em R$ 10 mil, com valorização de 42%. De olho neste bom momento, a Leduca será outra empresa a investir no bairro.

Sonho de consumo

“A entrada no bairro da Tijuca será marcante para a empresa em 2014. Atualmente, o local é o sonho de consumo de muitos que residem em bairros vizinhos, mas não encontram lançamentos atraentes. Queremos atender a esse público”, diz Paulo Marques, diretor da Leduca.

Já a PDG, depois de três empreendimentos na Tijuca (o Focus, o Hydra e o Uno), lançou no Cachambi, o DOM Condominium Club, que terá apartamentos de um, dois e três quartos. A Life também investe no Cachambi e prepara para o início de 2014 um lançamento residencial com 66 unidades. “Temos tradição no Recreio e agora estamos em busca de outros terrenos, principalmente na Zona Norte”, ressalta Miguel Gorgulho, diretor da Life.

Na Zona Sul, a construtora Fmac está lançando o seu primeiro empreendimento em Botafogo, o Sorocaba 112 Hype Apartments. O condomínio terá 12 apartamentos de dois e três quartos. E a Mega 18 Construtora prevê o lançamento de um residencial com unidades de quarto e sala, em Copacabana, no primeiro semestre de 2014.

Você pode gostar