Apartamento de 28 m² é 'reinventado' e esbanja amplitude

Imóvel tem áreas integradas mas bem definidas para se ter mais privacidade quando necessário

Por O Dia

Rio - É verdade que 28 m² não é muita coisa. Mas a arquiteta Renata Lemos e a designer Marcella Bacellar provaram que é possível ter todos os ambientes de uma casa tradicional: sala, cozinha, quarto e banheiro. Com espaço suficiente para um jovem solteiro morar com conforto, cozinhar e receber os amigos, no Rio de Janeiro. Para conseguir tal façanha, foi necessário trocar a disposição dos ambientes com uma reforma.

Neste projeto%2C Renata Lemos e Marcella Bacellar provaram que é possível ter todos os ambientes de uma casa tradicional em apenas 28 m²Divulgação

Cozinha e banheiro foram invertidos e a parede entre quarto e sala foi abaixo. Pontos para a ventilação e a entrada de luz natural no apartamento, que ganhou apenas uma porta de correr entre os ambientes principais, para os momentos em que o morador precisar de mais privacidade. Detalhe, do lado de dentro do quarto, a porta é espelhada, o traz a percepção de que o ambiente é maior.

Um compartimento secreto debaixo da cama ajuda a guardar pertences de maior volume que não couberem no guarda-roupas junto à janela ou nos móveis horizontais – que reforçam a sensação de amplitude. A TV fica no painel de madeira da sala, mas pode ser facilmente vista também do quarto graças à instalação em suporte flexível.

No quarto o espelho fixado na porta de correr traz amplitude%2C assim como os móveis horizontais. Para ter mais espaço de armazenamento%2C a cama reserva um baúDivulgação

Com a reforma, a cozinha deixou de ser tão apertada (antes sequer cabia uma geladeira) e ganhou espaço até para uma lava e seca sob a bancada. Como não há janelas por perto, foi necessário investir no depurador. No banheiro com pastilhas verde, uma combinação de gabinete sob a bancada e espelho com armário deu conta de guardar produtos de higiene e toalhas. Destaque para a torneira instalada diretamente na parede, liberando a pia.

Como se trata de um apartamento temporário, optou-se por uma base neutra, que facilitará uma futura venda. “Se agora o apartamento tem visual bem masculino, isso pode mudar com simples ajustes”, explica Marcella.

As informações são de Maria Silvia Ferraz

Últimas de _legado_Imóveis