Por thiago.antunes

Rio - Cerca de 200 pessoas protestam, na tarde desta segunda-feira, contra a chegada do Papa Francisco no Largo do Machado, Zona Sul do Rio. Entre os diversos tipos de manifestantes estão partidários, sindicalistas, trabalhadores e femininistas.

Um grupo de 10 mulheres encenou um ato a favor do Estado laico (sem interferência religiosa) e pediu pela tolerância e liberdade religiosa. No fim, as feministas exibiram os seios e foram vaiadas pelos peregrinos que aguardavam para embarcar nas vans em direção ao Cristo e, em reposta, cantaram: "Ei, ei ei, Jesus é o nosso rei". 

Feministas protestam no Largo do MachadoUanderson Fernandes / Agência O Dia

Uma das feministas falou sobre o ato. "Nós queremos o direito ao Estado laico. Queremos poder abortar. Somos um país de mães solteiras e estamos representando a liberdade religiosa", disse a atriz Taisa Machado.

Ás 17h estava marcado um Beijaço Gay e, no mesmo horário, uma manifestação rumo ao Palácio Guanabara, onde o Pontífice vai se encontrar com o governador Sérgio Cabral e a presidenta Dilma Rousseff. Como a comitiva do Papa atrasou durante o trajeto pelo Centro da cidade, os manifestantes aguardam a chegada do líder religioso para iniciar o protesto. Francisco aguarda em um helicóptero no Aeroporto Santos Dumont, onde seguirá para a sede do Governo.



Você pode gostar