Por tiago.frederico

Rio - O acesso ao Centro do Rio ficou complicado para o carioca, na manhã desta terça-feira. Um grande número de peregrinos retira seus kits da Jornada Mundial da Juventude no Sambódromo, causando retenção na Avenida Presidente Vargas, sentido Centro. Segundo o Centro de Operações da Prefeitura, a Rua Carmo Neto precisou ser interditada para tentar desafogar o tráfego da via.

A Avenida Presidente Vargas tem trânsito lento, com retenção, na altura do novo prédio da CEDAE, com reflexos chegando no Trevo das Forças Armadas, Elevado 31 de Março, Praça da Bandeira, Rua Teixeira Soares e na Radial Oeste, na altura do Maracanã. Agentes da CET-Rio e da Guarda Municipal orientam o trânsito na região.

O entorno da Rodoviária Novo Rio funciona em esquema especial por conta da chegada dos cinco mil ônibus extras à cidade, informa a Prefeitura do Rio. Na pista lateral da via D1, nova rua que integra a Avenida Francisco Bicalho à Rodoviária Novo Rio, ônibus podem fazer o embarque e desembarque de passageiros, dentro do plano de contingência montado para receber os peregrinos da Jornada Mundial da Juventude.

Trechos das vias Trilhos e Equador, que estão interditadas para obras do Porto Maravilha, também poderão ser usados, em caso de necessidade, para bolsões de estacionamento dos ônibus rodoviários. Desde a sexta-feira passada até o dia 29, são esperadas mais de um milhão de pessoas circulando pela Rodoviária Novo Rio.

Você pode gostar