Por cadu.bruno

Rio - Autoridades participaram da cerimônia de lançamento da medalha comemorativa da visita do Papa, na manhã desta terça-feira, na residência oficial do Sumaré. O evento seria realizado no Corcovado, mas por conta do mau tempo foi transferido. O Papa Francisco não participou do ato.

O lançamento contou com apresentação de jovens do coral da paróquia Nossa Senhora da Paz. A medalha lançada, de 50 mm de diâmetro, tem a imagem do Papa Francisco de um lado e do outro a Candelária e a Basílica de Nossa Senhora Aparecida.

Medalha comemorativa foi lançada nesta terçaAlessandro Costa / Agência O Dia

Entre os presentes estava o padre Jorge Luiz Neves, mais conhecido como padre Jorjão, da Igreja Nossa Senhora da Paz, em Ipanema.

De acordo com ele, depois da "maratona" desta segunda o pontífice apenas descansa. "Tive contato com Papa ontem (segunda) na Base Aérea e hoje (terça) soube que ele celebrou uma missa, tomou café da manhã com direito a sorvete italiano. Agora ele está escrevendo seus discursos", revelou.

Português tenta autógrafo do Papa

O português Manoel de Oliveira Pereira, de 70 anos, está no local em busca de um autógrafo do Papa. Ele promete ficar na porta da residência até conseguir a assinatura em sua bíblia, que tem um brasão com o rosto do Papa João Paulo II estampado na capa.

"Vou ficar aqui até conseguir a assinatura. Tentei pegar um autógrafo do Papa João Paulo II em 1980 e não consegui. Já tenho o de Dom Orani", disse o fiel, que mora há 50 anos no Brasil e é de Viseu, em Portugal. O fiel entregou a biblía a um segurança do Sumaré, que a repassou a uma freira que prometeu tentar o autógrafo com o pontífice.

Fiel português tenta conseguir autógrafo do PapaAlessandro Costa / Agência O Dia



Você pode gostar