Por cadu.bruno

Rio - O Papa Francisco se encontrou com peregrinos conterrâneos argentinos, na Catedral Metropolitana do Rio, no início da tarde desta quinta-feira. Apenas cinco mil peregrinos foram autorizados a participar do encontro com o pontífice. Eles ganharam crachás e entraram no local por ordem de chegada.

Argentinos no entorno da Catedral para encontro com o PapaAlessandro Costa / Agência O Dia

"Obrigada por virem aqui e obrigado aos 30 mil que estão lá fora, cumprimento todos vocês que estão aqui, embaixo de chuva. Obrigado por terem vindo e se aproximado à Jornada Mundial da Juventude. Eu pedi a pessoa que organiza essa viagem que eu tivesse um minuto para encontrar vocês, então, gostaria de agradecer publicamente", declarou o Santo Padre.

Para Francisco, os jovens precisam ir às ruas e lutar por seus valores. "Por favor, não liquidem a fé. Agitem, façam confusão, mas não diminuam a fé em Jesus Cristo"

Fiéis argentinos encontraram o Papa na CatedralReprodução TV

O Papa começou sua agenda hoje com uma missa privada na residência oficial da Arquidiocese do Rio, no Sumaré, às 7h30. Em seguida, ele participou de cerimônia de entrega da chave da cidade e de bênção às bandeiras olímpicas do Ri, no Palácio da Cidade, na Zona Sul.

Às 11h, o pontífice visitou a comunidade de Varginha, no complexo de Manguinhos, na Zona Norte, onde fez discurso. Depois do encontro com os peregrinos argentinos, o Papa participa pela primeira vez de evento oficial da Jornada Mundial da Juventude, a festa de acolhida dos jovens, às 18h, em Copacabana.

Argentinos lotaram a Avenida Chile para encontro com Papa na CatedralAlessandro Costa / Agência O Dia



Você pode gostar