Por tabata.uchoa
A pequena Maria Luiza ganhou um beijo do Papa. Na foto%2C ela posa com seu pai%2C Demóstenes ReisPaloma Savedra / Agência O Dia

Rio - O Papa Francisco celebrou, na manhã deste sábado, a Santa Missa, na Catedral Metropolitana do Rio. O evento contou apenas com bispos, religiosos e seminaristas, mas muitas famílias, crianças e jovens aguardavam a saída do pontífice no entorno da Catedral.

A alegria e simpatia características do Santo Padre contagiaram a família da pequena Maria Luiza Reis, de um ano e quatro meses, que foi beijada pelo pontífice. Seus pais, Demóstenes Reis, 31, e Renata Monteiro, 28, que está grávida, se sentiram abençoados por meio da aproximação da filha com Francisco.

"Nem a gente está acreditando. Viemos de Recife só para vê-lo e é claro que a gente queria, mas não imaginava que iria conseguir. Fiz de tudo. Fiquei em cima de um colega e coloquei a Maria Luiza em cima de mim. Foi então que o guarda da Força Nacional pegou minha filha para levá-la até Papa para que ele a beijasse", disse Demóstenes.

A criança já virou celebridade. Todos os fiéis que passavam pela família pediam para tirar uma foto com a pequena Maria Luiza. Para Renata, a benção também foi para o bebê que espera: "Estou grávida e é mais um bebê abençoado. No fundo era o que eu queria. Eu tive muita fé de que isso ia acontecer, mas não imaginava.

O Papa argentino cativou os brasileiros pela sua simplicidade. Para a turismóloga Larissa Gaspar, 34, que levou a mãe, Elza Gaspar, 64, e o filho Francisco, um ano e três meses, para ver o Papa, o novo pontífice está trazendo os jovens novamente para a Igreja: "O Vaticano acertou em cheio na escolha dele". A aprovação de Francisco é unânime. "Você olha para ele e vê que ele é o povo. Ele tem muita simplicidade e carisma. Diferente do Bento XVI", observou a contadora Elza Gaspar.

Papa Francisco cumprimenta fiéis na chegada a Catedral Metropolitana%2C neste sábadoCarlos Moraes / Agência O Dia


Você pode gostar