Desfile do Dia das Mães tem 19 feridos nos EUA

Festejo da data em Nova Orleans terminou em tragédia. Polícia caça três suspeitos que dispararam contra a multidão

Por O Dia

Estados Unidos - Um tiroteio transformou em tragédia um tradicional desfile do Dia das Mães, em Nova Orleans, no estado da Luisiana, EUA, deixando 19 feridos, três deles em estado grave. De acordo com primeiro balanço divulgado pelas autoridades locais, dez homens, sete mulheres e duas crianças ficaram feridas no ataque.

Cerca de 300 pessoas assistiam à tradicional parada de jazz na cidade, que se estendia por três quarteirões, quando atiradores dispararam no meio da multidão. Nenhum suspeito foi preso, mas a polícia procura três pessoas que estariam envolvidas no suposto ataque.

Segundo o superintendente de polícia Ronal Serpas, apenas metade dos participantes do desfile estava nas imediações do tiroteio. Nove pessoas foram levadas ao Hospital Universitário por equipes de emergência, oito com ferimentos de bala, de acordo com o canal local WWLTV. Três pessoas estariam em estado grave. Cinco delas teriam se ferido ao tentar fugir do local.

Um dos suspeitos é um homem negro, entre 18 a 24 anos de idade. Ele usava uma camisa branca e shorts de brim, de acordo com o Ronal Serpas. As autoridades acreditam que os suspeitos tenham trabalhado juntos, com ao menos duas armas.

O evento é tradicional em Nova Orleans onde as pessoas dançam na rua, muitas vezes seguindo uma banda. A polícia prometeu fazer detenções rápidas. Até o fim da noite, o chefe de polícia disse que não estava claro se os tiros foram disparados de forma aleatória ou não.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência