Por juliana.stefanelli
Oklahoma (Estados Unidos) - Pelo menos 91 pessoas, incluindo 20 crianças morreram, no centro-sul dos EUA, com a passagem do enorme tornado que atingiu e destruiu a região, nesta terça-feira no bairro de Moore, em Oklahoma.
Amy Elliot, porta-voz do escritório do legista da cidade, confirmou a morte de 91 pessoas, incluindo as crianças. Segundo a fonte, devido ao grande número de feridos, as vítimas ainda podem aumentar nas próximas horas. Além das vítimas, fontes hospitalares e autoridades locais confirmaram 145 feridos, dos quais 70 são menores de idade. O tornado que afetou a cidade de Oklahoma, com mais de três quilômetros, também arrancou casas, arrastou automóveis e deixou um cenário de plena destruição nas regiões mais afetadas.
Tornado gigante atinge a cidade de Oklahoma e causa estragosEFE

No domingo, tornados já haviam deixado 2 mortos e pelo menos 39 feridos em Oklahoma. Vários outros estados também registraram esse tipo de fenômeno. A temporada de tornados nos Estados Unidos estava excepcionalmente tranquila até a semana passada, quando um deles atingiu Granbury, no Texas, matando seis pessoas.

Um dos piores tornados recente da história americana EFE