Por juliana.stefanelli
Publicado 29/05/2013 13:05 | Atualizado 29/05/2013 13:06

Paquistão - Pelo menos cinco pessoas morreram nesta quarta-feira em um bombardeio de um avião não-tripulado americano na região paquistanesa do Waziristão do Norte, o primeiro ataque de 'drone' desde as últimas eleições presidenciais no Paquistão, realizadas no último dia 11, informou uma fonte oficial.

O 'drone' americano disparou dois mísseis contra uma casa na aldeia de Chashma, uma ação que, além das três mortes, deixou outras duas pessoas feridas, afirmou um funcionário do organismo de coordenação das zonas tribais da cidade de Peshawar, próxima à região.

A fonte acrescentou que as forças de segurança estão reunindo informações sobre a identidade das vítimas do ataque, que foi realizado durante a madrugada. Os ataques com aviões não tripulados norte-americanos contam com o consentimento tácito das autoridades do Paquistão, embora a ação seja rejeitada por diversos setores do país e, inclusive, em nível internacional devido à morte de civis.

Na última semana, o presidente americano, Barack Obama, anunciou que daria maior transparância no programa encoberto de 'drones', embora nâo tenha oferecido detalhes sobre as mudanças que seriam feitas no programa citado, até agora liderado pela CIA.

Os ataques de 'drones' americanos ocorreram nas zonas tribais do Waziristão do Norte e do Sul - especialmente na primeira -, principais redutos do movimento talibã paquistanês e de outros grupos fundamentalistas que atuam em ambos os lados da fronteira entre Afeganistão e Paquistão.

Você pode gostar