Por raphael.perucci
Publicado 31/05/2013 21:25 | Atualizado 31/05/2013 23:26

Estados Unidos - Imagine dar a volta ao mundo, não em 80 dias, mas em seis horas, atravessar os Estados Unidos de costa a costa em 45 minutos, ou ir de Nova York à China em duas horas. Esse é o objetivo do ETT (da sigla em inglês para Tubo de Transporte a Vácuo), desenvolvido pela empresa americana ET3, informou o jornal britânico Daily Mail. 

O novo conceito de transporte consiste em uma cápsula que comporta até seis pessoas e percorre uma tubulação especial, alcançando a incrível velocidade de 4 mil quilômetros por hora, conseguida graças á levitação magnética e ao vácuo. 

Apesar da velocidade estonteante, os passageiros não devem sentir qualquer desconforto pois a  força da gravidade percebida  equivale a de um carro na estrada.

A empresa ET3 afirma que essa tecnologia pode estar disponível na próxima década e é capaz de mudar completamente a maneira como as pessoas viajam ao redor do mundo. O projeto também será planejado como auto-estradas para evitar congestionamento de tráfego.

"Assim como os trens, o uso inicial ETT será para carga, e só depois para viagens", disse a ET3 em um comunicado no site oficial. A ideia foi concebida pelo designer Daryl Oster quando viajou para a China na década de 1980. A ideia é que, algum dia, o ETT seja acessível a qualquer pessoa.



Você pode gostar