Polícia prende cinco em Barcelona por divulgação de material jihadista

Tunisianos divulgaram mais de 400 arquivos com fotografias, vídeos e textos com imagens de atentados e discursos terroristas

Por O Dia

Madri (Espanha) - A polícia espanhola prendeu nesta quarta-feira cinco tunisianos em Barcelona acusados de divulgar propaganda jihadista, como discursos de Bin Laden e Al-Zarqawi, vídeos de atentados e instruções para a elaboração de explosivos.

Estas cinco pessoas divulgaram mais de 400 arquivos com fotografias, vídeos e textos com imagens de atentados, discursos de líderes terroristas, instruções para a confecção de explosivos, treino de mujahedins e fuzilamentos, informou o Ministério do Interior em comunicado. Este material estava acompanhado de comentários enaltecendo o terrorismo e seus autores, segundo a nota do Ministério, que garantiu que, durante a investigação iniciada no começo de 2012, constatou "um forte processo de radicalização" em vários dos membros do grupo.

Este processo "os levou a abraçarem plenamente as teses do salafismo jihadista" e se intensificou com a viagem de um deles à Tunísia neste mês, informou a nota. O material divulgado pelos detidos incluía links para sites vinculados ou muito próximos à Al Qaeda. A "operação Kartago", como foi denominada pelas forças de segurança, continua em vigor e não estão descartadas novas prisões.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência