Por juliana.stefanelli

Vaticano (Itália) - "A Santa Sé segue com atenção o que está acontecendo no Brasil", disse neste sábado Ciro Benedettini, subdiretor da sala de imprensa do Vaticano, perante a situação de protestos no país. Benedettini fez esta afirmação em resposta à pergunta de um jornalista sobre as manifestações no Brasil.

Os protestos começaram em São Paulo contra o reajuste do preço do transporte público, se estenderam por todo o país e, embora esse aumento já tenha sido revogado, prosseguiram em várias cidades com reivindicações contra a corrupção e os elevados gastos públicos para receber grande eventos.

Papa Francisco deve vir ao Brasil no próximo mês de julhoEfe

A presidente Dilma Rousseff abriu nesta sexta-feira um canal de diálogo aos "indignados" do país e se disse disposta a recebê-los, depois de um dia em que os protestos perderam força, após reunir na quinta-feira 1,2 milhão de pessoas. "Anuncio que vou receber os líderes das manifestações pacíficas, os representantes das organizações de jovens, das entidades sindicais, dos movimentos de trabalhadores, das associações populares.

Precisamos de suas contribuições, reflexões e experiências", declarou Dilma em mensagem em rede nacional. O papa Francisco deve vir ao Brasil no próximo mês de julho para participar da Jornada Mundial da Juventude, que será realizada no Rio de Janeiro.

Você pode gostar