Por juliana.stefanelli

Nova Delhi (Bangladesh) - Um professor universitário foi condenado à revelia nesta quinta-feira a sete anos de prisão por ameaçar de morte a primeira-ministra de Bangladesh pelo Facebook, informou a imprensa local. Hafizur Rahman Rana, professor de engenharia mecânica da Universidade de Engenharia e Tecnologia de Bangladesh (Buet), foi denunciado em abril do ano passado por conspiração para assassinar a primeira-ministra Sheikh Hasina, disse o jornal "Daily Star".

Rana, que está foragido desde janeiro, escreveu em sua conta da rede social que a primeira-ministra é "uma hiena que está dando um festa às custas do país e seu próximo objetivo é a Buet". O professor, no entanto, garantiu que interromperia a governante: "vou disparar em sua cabeça e no estômago antes de expor sua cabeça na porta da Buet como aviso para outras hienas". Meses antes, outro professor universitário foi condenado a seis meses de prisão após não se apresentar no Superior Tribunal de Daca por desejar a morte de Hasina.

Você pode gostar