Ataques no Iraque deixam 12 pessoas mortas e 32 feridas

A explosão de uma bomba em um mercado popular na área de Khan Dari matou três civis e feriu onze

Por O Dia

Bagdá - Ataques registrados em várias cidades do Iraque nas últimas horas deixaram 12 pessoas mortas e 32 feridas, informaram à Agência Efe fontes de segurança do país. Um ataque efetuado por um grupo armado matou três policiais que estavam em uma viatura, em Al Mazraa, a 50 quilômetros ao oeste de Bagdá. O grupo perpetrou os disparos de outro veículo, disseram as fontes. A explosão de uma bomba em um mercado popular na área de Khan Dari, no oeste da capital iraquiana, matou três civis e feriu onze, além de ter danificado várias lojas.

En Al Taji, ao norte de Bagdá, cinco pessoas ficaram feridas pela explosão de uma bomba dentro de uma oficina mecânica. As mesmas fontes revelaram que um homem morreu e outro ficou ferido pela detonação de uma bomba quando tentavam colocá-la em uma estrada de Mossul, a 400 quilômetros de Bagdá.

Ontem à noite, três policiais perderam a vida e cinco ficaram feridos em um ataque de um suicida com um carro-bomba em um posto de controle de Al Qayara, ao sul de Mossul. Também ontem à noite, a explosão de duas bombas em um campo de futebol matou dois civis e feriu a outros dez na cidade de Al Madain, ao sul da capital iraquiana.

As ações violentas aumentaram com a profunda crise política que o Iraque vive há vários meses, com os protestos da minoritária comunidade sunita contra o governo do xiita Nouri al-Maliki.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência