Homens não fazem exames de próstata e de hormônio

Quase 70% deles nunca realizaram preventivo de câncer e medição de testosterona

Por O Dia

Rio - Grande parte dos homens do Estado do Rio (39%) nunca foi ao urologista, especialista fundamental para a saúde masculina, aponta pesquisa da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). O estudo, em parceria com a Bayer, mostrou ainda que 68% dos pacientes jamais fizeram exames preventivos de câncer de próstata e 65% nunca mediram os níveis de testosterona (hormônio masculino) no sangue. Participaram da análise 800 homens, com idades de 40 a 70 anos.

Segundo o urologista Alfredo Camalini, da SBU, é importante que os homens vão ao médico, independentemente da idade: quanto mais cedo houver diagnóstico, maiores as chances de sucesso no tratamento. “O envelhecimento eleva os riscos de alterações dos hormônios e também de problemas na próstata: aumento benigno ou câncer. Com isso, 40% têm desconforto ao urinar”, explica Camalini, ressaltando que a avaliação de rotina deve ser feita no máximo a partir dos 45 anos.

A pesquisa também constatou que menos da metade dos homens (48%) sabe o que é andropausa — baixa acentuada da testosterona com a idade. O distúrbio equivale à menopausa das mulheres. “É uma diminuição dos hormônios, com o tempo. Mas ao contrário do que ocorre com as mulheres, nem todos os homens são afetados.” O estudo avaliou ainda o impacto dos sintomas da andropausa entre os entrevistados: a maioria se queixou de aumento da circunferência abdominal (42%). Há tratamento para o problema, com reposição hormonal, feita através de injeções a cada 3 meses.

“Saber reconhecer sintomas e procurar ajuda de urologista é muito benéfico para a qualidade de vida do paciente”, diz Aguinaldo Cesar Nardi, presidente da SBU. A diminuição do hormônio traz queda nos volumes das massas muscular e óssea, na libido e até na capacidade de raciocínio. “E como vimos na pesquisa, 50% dos homens sabem que existe o tratamento com reposição hormonal, que pode controlar os níveis de testosterona” informa.

Rede pública oferece o tratamento

A Secretaria estadual de Saúde atende homens no Centro de Atenção à Saúde do Homem, na Policlínica Piquet Carneiro (Av. Marechal Rondon 381, São Francisco Xavier). Há exame preventivo de câncer de próstata.

“É fundamental que haja acesso a este tipo de especialidade pelo SUS”, diz Aguinaldo Cesar Nardi.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência