No Canadá, número de mortos em acidente com trem sobe para 15

Investigação criminal foi iniciada. Polícia anunciou que 50 pessoas ainda estão desaparecidas

Por O Dia

Toronto (Canadá) - O número de mortos após a explosão de um trem carregado de petróleo na cidade canadense de Lac-Mégantic subiu para 15 após dois corpos terem sido encontrados nesta terça-feira. A polícia alerta, no entanto, que o número total pode chegar a 65.

A Polícia Provincial de Québec disse nesta terça-feira em entrevista coletiva que, além das 15 pessoas cujos restos mortais foram resgatados, ainda estão desaparecidas outras 50 pessoas, o que poderia elevar o número total de mortos a 65. Entretanto, as autoridades disserem que é possível que os corpos de muitos dos desaparecidos jamais possam ser encontrados.

"Vamos fazer o possível porque ainda temos a esperança de encontrar mais corpos. Vamos continuar buscando", disse Michel Forger, porta-voz da polícia, durante entrevista coletiva.

A polícia também afirmou que uma investigação criminal foi iniciada e que a região central de Lac-Mégantic, onde aconteceu o acidente, é agora a "cena de um crime" no qual estão trabalhando mais de 60 agentes tentando recuperar os corpos das vítimas e provas do ocorrido. "

Não vou especular sobre as provas que encontramos porque são secretas. Mas existem algumas evidências nos fazem pensar a possibilidade de uma ação criminosa", acrescentou Forger. Ao responder às perguntas dos jornalistas, Forger também disse que a polícia não acredita que o acidente tenha sido fruto de um ataque terrorista.

O acidente aconteceu na madrugada de sábado quando um comboio composto por 5 locomotivas e 72 vagões cisterna, que transportavam 100 toneladas de petróleo cada um, descarrilou no centro de Lac-Megántic. Alguns dos 72 vagões do comboio explodiram destruindo cerca de 30 edifícios, entre eles um bar em que havia entre 30 e 50 pessoas, segundo testemunhas.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência