Por juliana.stefanelli

L'Hospitalet de Llobregat (Espanha) - Um dos efeitos de um antibiótico usado em veterinária abre as portas na busca de um tratamento para o sarcoma de Ewing, um tipo de câncer que afeta crianças e adolescentes, segundo um estudo publicado na revista "International Journal of Oncology". O antibiótico é o thiostrepton que, de acordo com as conclusões do estudo, inibe dois genes causadores da doença em ratos.

Os pesquisadores não acreditam que a substância possa ser utilizada diretamente para esse fim em humanos, mas afirmam que a descoberta abre portas para buscar novos medicamentos que tenham o mesmo efeito. O sarcoma de Ewing é o segundo tipo de câncer de ossos mais comum e afeta crianças e jovens.

Atualmente, se for diagnosticada a tempo e não apresentar metástase, a doença pode ser curada em 80% dos casos, mas entre 25% e 30% das ocasiões é diagnosticada quando já há metástase e a sobrevivência diminui até 30%.

Os pesquisadores demonstraram que o antibiótico inibe os dois genes envolvidos no sarcoma de Ewing. Participou do estudo o Institut d'Investigació Biomedica de Bellvitge (Instituto de Pesquisa Biomédica de Bellvitge) de Barcelona.

Você pode gostar