Preso de origem hispânica é executado no Texas

'Poderiam dizer a minha esposa que eu a amo e agradecer pelos tantos anos de felicidade', diz o réu em suas últimas palavras

Por O Dia

Texas (EUA) - O preso John Manuel Quintanilla, de origem hispânica, foi executado nesta terça-feira no Texas depois que a Suprema Corte de Justiça dos Estados Unidos desprezasse o último recurso de apelação apresentado por seus advogados.

Após uma hora e 17 minutos após a hora prevista, as autoridades do Texas aplicaram uma injeção letal no preso, que tinha sido condenado a morte pelo assassinato de Víctor Billings, um ex-xerife do condado texano de Victoria, em novembro de 2002.

As últimas palavras do réu foram: "Poderiam dizer a minha esposa que eu a amo e agradecer pelos tantos anos de felicidade". "Isso é todo guarda", acrescentou. A execução foi acompanhada por testemunhas, incluindo a esposa, as duas filhas e outros parentes, assim como um amigo do ex-xerife, informaram as autoridades da prisão.

De acordo com a fonte, Quintanilla matou o ex-xerife Víctor Billings, empregado de um parque de diversões em Victoria (Texas), depois de uma tentativa de assalto junto a outros dois homens.

O réu disparou contra Billings no momento em que o ex-xerife protegia sua esposa, que, por sua vez, chegou a ficar ferida. Quintanilla foi detido por outro assassinato em janeiro de 2003, mas confessou ter sido o autor dos disparados contra o casal durante o assalto.

Posteriormente, o criminoso assegurou ser inocente, justificando sua confissão anterior à pressão recebida. As próximas execuções previstas no Texas seriam as de Vaughn Ross (18 de julho) e Douglas Feldman (dia 31 do mesmo mês).

Últimas de _legado_Mundo e Ciência