Por bferreira

Rio - Consumir suplementos à base de Ômega 3 em cápsulas de óleo de peixe, como o salmão, aumenta a chance de desenvolver tumor na próstata. Cientistas do centro de pesquisa do câncer Fred Hutchinson, nos EUA, divulgaram estudo no ‘Journal of the National Cancer Institute’, alertando para os riscos de ingerir a substância. De acordo com o texto, aqueles que usam o Ômega 3 regularmente têm risco superior a 70% de desenvolver o tipo mais agressivo do câncer de próstata.

O Ômega 3 é essencial para o crescimento normal e saudável das pessoas, ajudando na memória e evitando doenças do coração. Mas o oncologista Roberto Gil, da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica e do Hospital Adventista Silvestre, adverte que não se deve substituir a boa alimentação e exercícios pelas cápsulas de Ômega 3. “Um tumor precisa de vasos sanguíneos para crescer. Quando a pessoa toma muito Ômega 3, produz vasos em excesso. Eles causam tumores de próstata com alto grau de malignidade”, contou.

O estudo sugere que a a ingestão superior a duas porções semanais do salmão pode estar ligada à incidência da doença, mas não confirma que o risco do câncer está associado ao consumo de peixes gordos.

Você pode gostar