Investigação de acidente de trem na Suíça aponta para erro de maquinista

Destruição foi tão grande que autoridades não descartam possibilidade de mais vítimas serem encontradas

Por O Dia

Única vítima fatal foi um dos maquinistasEFE

Berna (Suiça) - As investigações preliminares sobre a colisão de dois trens ocorrida na noite de segunda-feira na cidade de Granges-près-Marnand, na Suíça, indicam que o acidente aconteceu pois um dos maquinistas não respeitou um sinal luminoso.

Um porta-voz da polícia local, Jean-Christophe Sauterel, disse em entrevista coletiva que a falta de respeito a uma sinalização luminosa é a principal hipótese trabalhada até o momento.

"O promotor está aguardando as análises feitas pelos especialistas", acrescentou. A única vítima fatal foi um dos maquinistas. Seu corpo foi resgatado nesta madrugada da cabine do veículo. "O tamanho original da cabine ficou reduzido a oito metros", explicou Sauterel.

A destruição foi tão grande que as autoridades não descartam a possibilidade de outras vítimas serem encontrada nesta parte do vagão, que está sendo levado para um depósito da companhia de trens da Suíça para ser minuciosamente examinada. "Neste momento, não podemos excluir que exista algum passageiro preso", disse o porta-voz.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência