Por julia.amin

Roma - A Suprema Corte da Itália manteve nesta quinta-feira uma condenção à prisão de Silvio Berlusconi por fraude fiscal, em um veredicto que pode resultar numa crise para a frágil coalizão que governa o país.

Silvio Berlusconi é condenado pro fraude fiscalReprodução Internet


O Tribunal de Cassação confirmou a condenação a quatro anos de prisão -reduzida para um ano por conta de uma anistia-, mantendo a decisão de um tribunal inferior. A corte ordenou, no entanto, que seja realizada uma revisão da proibição ao ex-premiê de ocupar cargos públicos pelo mesmo crime.

O aguardado veredicto deve colocar sob intensa pressão a frágil coalizão formada pelos tradicionais rivais de centro-esquerda e centro-direita, liderada pelo premiê Enrico Letta, apesar de Berlusconi ter prometido que seu partido de centro-direita iria manter o apoio ao governo.

?Reuters

Você pode gostar