Danone retira leite em pó dos mercados asiáticos por risco de botulismo

Produtos retirados provêm do fornecedor neozelandês Fonterra

Por O Dia

Fonterra é a principal exportadora mundial de produtos lácteosEFE

Paris (França) - O grupo francês de produtos lácteos Danone anunciou nesta segunda-feira que retirou do mercado, em vários países da ásia, lotes de leite em pó para bebês, de suas marcas locais Dumez e Karicare, porque eles apresentavam risco de botulismo.

Segundo informou a companhia, os produtos retirados provêm de seu fornecedor neozelandês Fonterra e estavam sendo comercializados na China, Hong Kong, Malásia, Tailândia e Nova Zelândia. "Nenhum consumidor apresentou, por enquanto, alguma queixa", indicou um porta-voz da Danone.

A Danone se soma assim a outras quatro companhias chinesas que neste final de semana começaram a retirar alguns de seus produtos dos supermercados depois que a Fonterra encontrou alimentos contaminados com uma bactéria que pode causar botulismo.

Trata-se das empresas Wahaha Health Food Co., Hangzhou Wahaha Import & Export Co., Xangai Tangjiu Co. e Dumex Baby Food Co. Em comunicado posterior, no entanto, as autoridades chinesas informaram que a Coca Cola China também é um dos importadores da Fonterra no país asiático, apesar de não ter confirmado se esta última empresa também começou a retirar seus produtos.

Danone e outras quatro companhias chinesas já começaram a retirar produtos das prateleirasEfe

A empresa neozelandesa Fonterra, principal exportadora mundial de produtos lácteos, indicou que vendeu para oito clientes - cujos nomes não foram revelados - concentrado de proteína do soro de leite suspeito de estar contaminado devido a um encanamento sujo em uma de suas fábricas.

Este é o segundo caso de contaminação alimentar da Fonterra neste ano, depois que em janeiro foi encontrado em alguns de seus produtos restos de dicianodiamida, um inibidor de nitratos utilizado em adubos.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência