Por juliana.stefanelli

Madri (Espanha) - A criança mais pesada já nascida na Espanha por parto normal (6,020 quilos) ganhou muitas roupinhas de presente, mas nenhuma serve, segundo seu pai, o colombiano Jaime Marín. María Lorena, nascida na madrugada da última terça-feira em um hospital da província de Alicante (sudeste da Espanha), é o primeiro filho de Jaime, enquanto a mãe, a britânica Maxime, já tem outros três filhos.

Jaime contou que a roupinha que compraram para os primeiros dias da menina "não serve", assim como as que ganharam de presente dos amigos. "Ela precisa de roupas para um bebê de entre três e seis meses", comentou o pai, rindo. A mãe, de 40 anos, teve medo das primeiras dores do parto, que durou cerca de três horas, mas não precisou de anestesia peridural para dar à luz María Lorena.

María Lorena precisa de roupas para um bebê de entre três e seis mesesReprodução Internet

Morador de Teulada, povoado do norte de Alicante, o casal espera que a filha evolua bem em seus primeiros dias de vida, especialmente porque os bebês macrossômicos, ou seja, nascidos com mais de quatro quilos, são "bastante passivos" e é mais difícil acordá-los e alimentá-los, explicou o chefe de pediatria do hospital, Héctor Boix.

Você pode gostar