Carros-bomba matam 60 e ferem quase 200 no Iraque

Nove explosões separadas tinham como alvo mercados e ruas comerciais movimentadas

Por O Dia

Iraque - Uma série de carros-bomba, principalmente em áreas xiitas de Bagdá, matou 50 pessoas e feriu 140 no sábado, disseram fontes médicas e da polícia, parte de um aumento da violência no Iraque desde o início do ano.

As nove explosões separadas tinham como alvo mercados e ruas comerciais movimentadas, disseram as fontes. Os bombardeios, que pareciam ser coordenados, foram semelhantes aos ataques em Bagdá nesta terça-feira em que 50 foram mortos.

Os ataques se multiplicaram no Iraque desde o início do ano, com mais de 1.000 pessoas mortas em julho, o maior número mensal de mortes desde 2008, de acordo com as Nações Unidas.


Últimas de _legado_Mundo e Ciência