Por juliana.stefanelli

Damasco (Síria) - Os ataques na Síria continuam acontecendo mesmo após a morte de mais de mil pessoas em Damasco na semana passada, com o uso de supostas armas químicas. Um atentado terrível que pode ter sido com bombas incendiárias, atingiu o pátio de uma escola em Aleppo, no norte do país, matando dez alunos. Uma equipe da emissora britânica "BBC"  foi testemunha ao publicar imagens e vídeo de crianças queimadas na quinta-feira.

Uma pequena explosão que gerou colunas de fumaça e fogo foi consequência de um dispositivo jogado por um avião de combate no pátio da escola. A aeronave devia estar procurando um alvo, segundo informações do diretor do colégio, que não quis se identificar. 

Menino apavorado ferido na explosãoReprodução Internet

"O que mais precisam ver", indagou um dos sobreviventes à Comunidade Internacional. Jovens, entre eles crianças e adolescentes, estavam se contorcendo de dor devido as queimaduras. As feridas são parecidas às provocadas pela substância napalm, porém ainda não se sabe o elemento utilizado no ataque. 

Os resultados do efeito das bombas incendiárias são devastadores e muito maior do que explosivos tradicionais. O desespero e sofrimento das crianças podem ser vistos nas imagens registradas pela "BBC". Uma médica que atendeu os feridos desabafou, "O mundo inteiro falhou".

Você pode gostar