Por helio.almeida

Um mulher mudou-se para um parque de animais exótico em Oklahoma (EUA), para ficar junto de seu "animalzinho". Christie Carr, que sofre de depressão, cuida de Irwin, um canguru vermelho de 3 anos de idade com os movimentos parcialmente paralisados em virtude de um acidente com cercas.

Animal serve de terapia para a mulher que sofre de depressãoReprodução Internet

O animal dorme em uma casa, veste roupa de menino e usa fralda. Christie cuida do animal desde quando ele se feriu, e o canguru ajuda no seu tratamento de depressão – o animal foi certificado como “pet terapia” (quando são usados animais para tratamento) pelo terapeuta dela.

“Quando morávamos só ele e eu, era como se ele se alimentasse da minha depressão˜, disse Christie ao Daily Mail. “Ele gosta de gente, gosta de estar perto de pessoas e, aqui, está sempre acontecendo alguma coisa”.

Eles passaram por vários locais diferentes, depois que tiveram que sair de sua cidade natal, Broken Arrow (EUA). Em março, deste ano, mudaram para Parque Zoológico Interativo Garold Wayne, em Wynnewood. O fundador do zoológico, Joe Schreibvogel, disse que ligaram para ela e o animal ficarem.

Você pode gostar