Cerveja eleva o colesterol benéfico no sangue

Pesquisa diz que a bebida faz bem. Mas só moderadamente: duas doses por dia para os homens e uma para as mulheres

Por O Dia

Rio - Nada de ‘barriga de chope’. A cerveja pode ser aliada na manutenção de uma vida saudável, de acordo com pesquisa realizada pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. Segundo os estudos, a bebida é considerada benéfica ao bom colesterol (HDL) mas, para isso, precisa ser consumida moderadamente: duas latas diárias para os homens e apenas uma para mulheres.

Os componentes que integram a cerveja incluem vitaminas, minerais e proteínas. A cevada e o lúpulo, principais elementos, são conhecidos por suas propriedades antioxidantes, com potencial de amenizar danos dos radicais livres (substâncias tóxicas produzidas pelo organismo).

Entre os ingredientes da bebida%2C há vários que contêm antioxidantesReprodução

“Os radicais são naturais, temos uma grande quantidade só por respirar, mas aumentam por fatores externos, como a poluição e o cigarro”, explicou a nutricionista Andrea Zaccaro. Quanto mais antioxidantes, maior a concentração de HDL, o bom colesterol, e melhor o funcionamento do corpo.

Mas é preciso manter a disciplina no consumo diário para garantir os benefícios sem colocar o organismo em risco. “A recomendação para os homens é de 30 g de etanol, o que equivale a duas latas de 350 ml. Para as mulheres, a metade”, alerta Andrea. Testes do Departamento de Nutrição de Havard, realizados com indivíduos ingerindo esta quantidade durante quatro semanas, comprovou um aumento significativo na concentração plasmática de HDL no sangue.

Acima da quantidade recomendada, o consumo já é considerado excessivo. Manter uma ingestão frequente acima destes níveis, dependendo da sensibilidade do organismo, pode causar doenças no fígado e cardiovasculares. “O corpo metaboliza o álcool, mas não consegue fazer isso em grandes quantidades”, afirma a nutricionista.

Vinho tem efeito similar

Segundo estudos recentes, não há grandes diferenças entre os benefícios da cerveja e do vinho, que é frequentemente visto como grande aliado de uma vida saudável. A boa fama da bebida se dá por conta do histórico de pesquisas ao qual ela já foi submetida. “Tem muitos trabalhos a respeito do vinho, mas da cerveja não há tantos”, avalia Andrea Zaccaro.

Na área de alimentalção, o HDL também pode ser elevado através de itens ricos em Ômega 3, como nozes, amêndoas, bacalhau e brócolis, além de comidas que tenham gorduras ‘boas’, como azeite, abacate e óleo de canola. “Também podem ser levadas em conta bebidas com grandes quantidades de frutas vermelhas”, diz Andrea.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência