Nave russa decola rumo à Estação Espacial Internacional

Dois russos e um americano estão a bordo da nave Soyuz e permanecerão na estação durante 168 dias

Por O Dia

Moscou - A nave russa Soyuz TMA-10M, com três cosmonautas a bordo, dois russos e um americano, foi lançada nesta quarta-feira da base cazaque de Baikonur com destino à Estação Espacial Internacional (ISS). Segundo o Centro de Controle de Voos Espaciais (CCVE) da Rússia, a nave decolou às 17h58 (de Brasília) com ajuda de um foguete portador Soyuz-FG, em uma operação que transcorreu sem contratempos, informaram as agências russas.

A nave russa se acoplará à plataforma orbital dentro de menos de seis horas, após dar quatro voltas ao redor de nosso planeta, quando habitualmente as Soyuz precisam de dois dias para chegar a seu destino. A tripulação é formada pelos cosmonautas russos Oleg Kotov e Sergei Riazanski e pelo astronauta americano Michael Hopkins. Na estação espacial lhes esperam o cosmonauta russo Fiôdor Yurchikhin, o italiano Luca Parmitano e a americana Karen Nyberg, que retornarão à Terra no dia 11 de novembro.

Tripulação é composta por dois russos e um americano Reuters


Segundo as previsões, os três novos inquilinos da plataforma orbital permanecerão na estação durante 168 dias, prazo durante o qual realizarão várias caminhadas espaciais e diversos experimentos científicos. Entre outras coisas, receberão a tocha dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi 2014, que sairá pela primeira vez ao espaço no próximo dia 9 de novembro, segundo o Centro de Treino de Cosmonautas da Rússia. "

A tocha, que sairá ao espaço, é a mesma que acenderá a pira com a chama olímpica de Sochi", garantiu Dmitri Chernishenko, presidente do comitê organizador dos Jogos de Inverno. Além disso, no dia 20 de novembro, os seis moradores da ISS comemorarão o 15º aniversário do início da construção da plataforma.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência