Polonesa que quer fazer sexo com 100 mil homens tem visto negado no Líbano

Ania Lisewska também pretende ir ao Egito, onde já mantém contato com um homem pela Internet

Por O Dia

Beirute (Líbano) - Se depender da Segurança Geral do Líbano, Ania Lisewska não vai fazer sexo com nenhum libanês. A polonesa, que declarou publicamente que quer fazer sexo com 100 mil homens, teve visto negado para entrar no país árabe, segundo informou nesta quarta-feira a agência oficial libanesa "ANN".

A polonesa quer transar com 100 mil homensReprodução Facebook


A decisão de proibir a entrada de Ania é devido a "turnê mundial do sexo", que ela declarou fazer. No entanto, o jornal "Daily Star" declarou que Segurança Geral do Líbano não recebeu nenhum pedido de visto da jovem.

Recentemente, Ania postou em seu blog que espera "obter permissão para entrar nos países árabes e encontrar-se com homens". Os meios de comunicações da região vêm acompanhando as viagens da polonesa e já anunciaram que ela pretende viajar ao Egito, onde já mantém contato com um homem pela Internet.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência