Por julia.amin

Estados Unidos - O Twitter foi palco de uma discussão calorosa entre Sinéad O’Connor e Miley Cyrus. A cantora ameaçou entrar com um processo contra a ex-intérprete de Hannah Montana. Miley zombou com os problemas metais da autora de "Nothing compares 2 U".

Na semana passada, Sinéad escreveu um texto pedindo a Cyrus que não se deixasse prostituir pela indústria musical. Em resposta, a atriz postou no Twitter uma foto em que a cantora rasga um fotografia do Papa João Paulo II e a comparou à Amanda Bynes, que teve problemas psiquiátricos. Cyrus também reproduziu tuítes antigos em que a cantora fala de seus problemas.

Sinead O'ConnorReprodução Internet


"Miley... É sério? Quem está aconselhando você? Porque me ofender assim é ainda mais estúpido do que se comportar como uma prostituta e chamar isso de feminismo",respondeu a cantora na rede social. Ela disse que vai levar o caso à justiça. "Você postou tweets meus de dois anos atrás, que foram escritos por mim quando eu não estava bem e procurando por ajuda, fazendo-os parecer recentes. Com isso, zombou de mim e da Amanda Bynes por termos sofrido com problemas mentais. Apague seus tuítes imediatamente ou você vai ter que lidar com meus advogados", complementou.

Em resposta, a jovem atriz chamou Sinéad para conversar, mas não apagou os tuítes. "Sinéad, eu não tenho tempo para te escrever uma carta aberta porque eu vou apresentar o 'Saturday Night Live' nessa semana. Então se você quiser me encontrar e conversar comigo, avise na sua próxima carta." Já O'Connor disse não ter "nenhum interesse" em conversar e que espera que Miley se desculpe.

Você pode gostar